Indy Naíse lança remix do EP “Esse É Sobre Você” com participação surpresa de Ticia

Atualizado: 11 de jul.

Com duas faixas inéditas, nova versão do trabalho adentra ritmos como o pop/rock, pagodão baiano e ritmo africano





Em celebração ao aniversário de um ano do EP “Esse É Sobre Você”, a cantora, compositora, produtora executiva e mais recentemente mãe, Indy Naíse, lança no dia 8 de julho uma versão remix do EP, com duas faixas inéditas. Com produção musical de Vibox, o trabalho que anteriormente apostou nos conceitos visuais e sonoros do R&B contemporâneo, dessa vez adentra novos estilos musicais como o pop/rock, o pagodão baiano e o amapiano, ritmo africano. "Esse É Sobre Você (Remix)", diferente da primeira versão, ainda vai contar com participação especial da banda Tuyo e ganha um feat surpresa, que foi desconhecido até mesmo pela cantora até a audição e pré-lançamento realizado no dia 3 de julho, no quilombo urbano Aparelha Luzia, no centro de São Paulo, onde foi revelada a participação especial da cantora baiana Ticia, do selo Batekoo.


“Eu já havia pedido pra Yasmin Olí - diretora vocal e co-produtora - escolher a cantora que participaria da faixa "Cicatriz Lunar", ainda naquela ideia de confiar cem por cento na minha equipe enquanto estou completamente voltada pra minha maternidade. E o Nayê (responsável pela estratégia das redes sociais) trouxe a ideia da Yasmin escolher a participação, mas não me contar. Foi a cereja do bolo", relata. "Não faço ideia de quem seja. Não serei eu a subir a faixa nas plataformas, como de costume, justamente pra não estragar a surpresa. Vou descobrir apenas na audição do EP", continua.


O disco foi remixado por Vibox, produtor musical que saiu da zona de conforto para participar desse trabalho. "Eu tinha muito preconceito com essa ideia de remix, mas quando a Indy me fez a proposta eu não pensei duas vezes. Sabia que seria um grande desafio, mas sempre gostei de quebrar meus preconceitos musicais e essa seria a chance ideal", conta. As faixas do EP apresentam memórias, afetos, alegrias, autoconstrução, liberdade e desilusões de um relacionamento. A nova versão do EP é um convite aos ouvintes para entrarem nessa jornada íntima do começo ao recomeço. "Os ouvintes podem esperar algo bem diferente do que já me escutaram fazer. Trouxe várias versões da Indy Naíse neste trabalho, está bem eclético e ao mesmo tempo tudo se conecta de alguma forma", reflete a artista.


Depois de um ano do lançamento, e ainda em meio a pandemia, Indy passou por diversos novos processos quanto pessoa, profissional da música, produção cultural e executiva e artista, e agora desbravando a maternidade; e por isso decidiu conceder esse presente ao seu público como uma forma de mostrar que mesmo em meio à concepção de um novo ser, seu trabalho musical não iria parar. Ela chegou a revelar em suas redes sociais como sentiu dificuldades do mercado a partir do anúncio da maternidade, como a diminuição dos convites para shows e publicidades, e como isso impactou seu emocional, e recebeu o mesmo feedback de outras mães artistas. Ainda assim, ela vem realizando grandes conquistas e sendo destaque em várias mídias. Realizou um show como participação especial na Som Livre no show do Tarcis, fez parte do lineup do retorno da Virada Cultural de São Paulo, saiu em diversas mídias por conta da banda inglesa Mcfly ter conhecido sua bebê na sua vinda ao Brasil no aeroporto, no pré-lançamento de seu EP na Aparelha Luzia fez um pocket show do seu novo novo EP, e vem preparando novidades para seu público para o próximo semestre.


Sobre Indy Naíse


Imagem: Griot Produções/Reprodução

Indy Naíse é cantora e compositora, nasceu em 1993 na cidade de Juazeiro (Bahia), porém é radicada em São Paulo. Começou a carreira em Junho de 2014, sendo premiada em sua primeira vez no palco, quando ganhou em primeiro lugar como melhor cantora em todas as categorias do Festival de Música Ala Guarujá. Com esse incentivo, resolveu estudar música e hoje é formada em Canto Popular e Regência pela ETEC de Artes do Estado de São Paulo. Possui centenas de milhares de visualizações no youtube e vem se destacando no cenário da música desde então. Lançou, em Dezembro de 2018, seu primeiro disco É Questão de Cor”. Em 2019, criou a produtora Filha do Trovão e agora é auto gestora de sua carreira e cuida também de sua identidade visual. Seu repertório, majoritariamente autoral, aborda questões que são emergenciais para nosso convívio em sociedade. Tendo o foco na mulher negra, no racismo, machismo e desigualdade social, Indy consegue nos mostrar isso de forma implacável e direta.

Site | Instagram | Twitter | Facebook | Youtube




Imagem: Lara Deus/Reprodução


Sobre Yasmin Olí

Yasmin Olí é cantora, atriz, compositora, arranjadora e preparadora vocal paulistana. Desde criança, Yasmin já mostrava talento para música no Karaokê das festas de família. Aos 10 anos começou a cantar na igreja e aos 12 entrou para as aulas de canto, violão e teatro. Mais tarde se formou em Canto Popular e Regência Coral pelo Centro Paula Souza. Além de solista, Yasmin Olí participou como backing vocal de trabalhos com a banda "As Baías" e com rappers renomados como "RAPadura" e "Rincon Sapiência". No teatro, é protagonista do musical infantil "Nerina, a Ovelha Negra" - que recebeu o Prêmio Aplauso Brasil como Melhor Espetáculo para o Público Infantil e Jovem em 2018. Atualmente se apresenta como solista com repertório autoral, convidando o público a refletir sobre questões urgentes como liberdade, amor-próprio e negritude. Olí também faz parte do duo ANTÔNIMA (junto com Nat Gonçalves) e da banda SOULS (Black Music Cristã).


Imagem: Portal Soulart/Reprodução

Sobre Vibox

Nascido em São Paulo, Vibox, ou Victor Machado, é um produtor musical que tem conquistado grande espaço e reconhecimento na cena do rap pela sua qualidade destacada enquanto músico e beatmaker. Envolvido na música desde criança, Vibox foi criado entre o Brasil e os E.U.A., onde adquiriu mais ainda o gosto pela música complexa — em especial pelos arranjos e linhas melódicas que mestres como Herbie Hancock, Marcus Miller, Jaco Pastorius e Joe Zawinul criavam. Com mais de 15 anos de experiência na produção musical e mais de 25 atuando como músico, Vibox produziu o grupo Quebrada Queer, em 2018, produziu as faixas "Você Já Sabe" e "Hipinose", do álbum “110 220” da rapper Bivolt, e o single “Fogo no Baile”, de Indy Naíse e D’Ogum entre outros.


Sobre Ticia


Imagem: Rafael Ramos/Divulgação

Tícia é uma artista baiana que sai em direção a diferentes lugares de Salvador, e é desse percurso que resulta a pluralidade de ritmos e narrativas em sua música. Com o EP "Sagrada e Profana", assinado pelo selo BATEKOO Records, a cantora e compositora explora ritmos contemporâneos e suas raízes nos sons originários da diáspora africana. Dividiu line-up com artistas já consagrados na cidade como Larissa Luz, na Casa Tropical Devassa, e participou do festival SIM São Paulo, no bloco 'Éh Salvador, Sim!' com o grupo TrapFunk&Alívio.


Imagem: Luciano Meirelles/Reprodução


Sobre Tuyo

Tuyo é um grupo musical brasileiro de afrofuturismo, folk-pop e música ambiente (considerado por algumas camadas de seu público como 'folk futurista') fundado no ano de 2016, na cidade de Curitiba, Paraná, como cisão do também grupo musical brasileiro Simonami (2009 - 2017) e formado desde o início por Lilian Soares (Lio), Layane Soares (Lay) & Jean Machado.


R&B Brazil

Fortaleça a cena que te fortalece.


5 visualizações0 comentário